segunda-feira, 23 de maio de 2016

Prostituta flagrada por drone fazendo sexo com cliente pega 1 ano de prisão

Uma mulher foi condenada acusada de prostituição em Oklahoma, nos EUA, depois que foi flagrada por um drone fazendo um sexo com cliente em uma caminhonete.


Amanda Zolicoffer, de 27 anos, e Douglas Blansett, de 75, foram filmados por um drone usado pelo "vigilante" Brian Bates, fundador de um site que combate a prostituição na região de Oklahoma.

Amanda foi condenada a um ano de prisão. Seu suposto cliente também foi indiciado, mas o julgamento contra Blansett ainda não foi realizado.


Amanda Zolicoffer e Douglas Blansett foram filmados por drone fazendo sexo (Foto: Oklahoma County Sheriff's Office)


Essa não é a primeira vez que imagens gravadas por Bates geram polêmica nos EUA. Em 2012, o americano Matthew Kim Hennington, de 48 anos, foi condenado a pagar cerca de US$ 2 mil após ter sido filmado fazendo sexo com uma prostituta.
Em outro caso, em 2013, a empresa norte-americana de entregas “UPS” decidiu realizar uma investigação depois que a foto de uma prostituta nua dentro de uma das vans da companhia foi divulgada por Brian Bates.


Se esse drone passasse no Brasil... Ia ficar soando o tempo todo, deu pane, deu pane, deu pane...

Veja também:Detento processa cadeia após ser forçado a fazer sexo com duas guardas

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...