sábado, 5 de agosto de 2017

Amber e Bo Wagner contam que não tiveram mais de 10 relações sexuais nos primeiros três anos de casamento por causa do excesso de peso



Amber e Bo Wagner, de Bluefield, West Virginia, nos Estados Unidos, começaram a namorar na adolescência e, depois do casamento, notaram que o ponteiro da balança não para de subir, e muito. Amber passou da casa dos 57 kg para os 163 kg, aproximadamente. Já o marido, que pesava em torno de 95 kg na época do namoro, chegou aos 159 kg. O excesso de peso prejudicou a vida sexual do casal .

Segundo reportagem do jornal britânico "Daily Mail", apesar de eles terem dois filhos, eles não tiveram mais de 10 relações sexuais nos primeiros três anos porque falam que eram grandes demais e o sexo não era divertido. Isso já prejudicava a relação, que passou a ter ainda mais problemas depois de Bo perder o emprego e eles perderem a casa.




Mudanças na dieta

O medo de um divórcio fez com que os dois decidissem mudar de hábitos para tentar salvar o casamento. "Quando eu era tão gorda, eu era infeliz. Foi o pior momento da minha vida", fala Amber. "Não queria nem levantar do sofá. Éramos pessoas nojentas. Nunca cuidávamos de nada e deixávamos pilhas de louça na pia. Só reclamávamos", completa Bo, que ainda afirma: "Nunca deixei de amar a Amber, mas não éramos felizes e nem saudáveis".

Eles contam que seguiam uma alimentação cheia de exageros e besteiras. Amber começou a engordar na primeira gravidez e diz que comia por dois, e Bo a acompanhava. Eram pilhas de hambúrgueres, refrigerantes e muitas besteiras. Eles chegaram a gastar em torno de R$ 62 mil em fast food. Com problemas financeiros e no sexo, era hora de mudar.

Amber foi quem começou a dieta com uma regra: se ela quisesse repetir a comida, teria que ter coragem de levantar do sofá para pegar o segundo prato. Como geralmente não queria nem ficar de pé, desistia dos exageros. Em pouco tempo, Bo também passou a seguir a mesma regra.

Eles passaram a comer menos e também fizeram outros ajustes na dieta, tentando seguir uma alimentação mais balanceada. Amber e Bo trocaram a carne vermelha por peru, cortaram refrigerantes e fast food e passou a acordar às 6h para malhar juntos.

O casal conta que ainda come algumas guloseimas, como batata frita feita em casa ou pasta de amendoim, mas com moderação. De novembro de 2015 até hoje já foram mais de 178 kg eliminados juntos com os novos hábitos. E a nova forma ajudou no relacionamento. Segundo Bo, a vida sexual deles agora está muito melhor. "Realmente acredito que ter emagrecido nos uniu novamente", comenta. Amber concorda, e diz que a perda de pso ajudou 120% na relação.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...