segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Estudante flagra "tarado" em ação na Unicamp



Estudantes da Unicamp estão indignadas com a impunidade a um homem que rotineiramente se masturba perto do alambrado do Parque Ecológico Professor Hermógenes de Freitas Leitão Filho, conhecido como Parque da Lagoa, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas.

Durante o ato ele chama as mulheres que passam pelo local e mostra seu órgão sexual. A ação já ocorreu várias vezes nos últimos meses, geralmente nos períodos da tarde e à noite. Estudantes vítimas do assédio criaram um grupo para relatar os casos.




Esta semana uma aluna do curso de economia de 24 anos, vítima pela segunda vez da ação do tarado, parou e fez uma foto com o celular no momento que ele se masturbava e a chamava de gostosa. Mesmo com a ação da estudante, ele não se inibiu e só parou após terminar o ato. “Daí ele correu do local para dentro da área do bosque”, afirmou.

A estudante afirmou que a primeira vez que viu o homem fazendo o ato libidinoso era à tarde. “Ele fica atrás do alambrado e quando vê a mulher passando chama de gostosa e fica se masturbando. Da primeira vez gritei e xinguei. E ele continuou, só parou após terminar. E ele ainda atira o esperma contra as vítimas. É um absurdo.”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...