segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Professora demitida por morar com o namorado ganha processo



Zelda de Groen, professora demitida de uma creche judaica ortodoxa por morar com o namorado, ganhou na semana passada processo movido contra a instituição, localizada em Londres (Inglaterra). 

Um painel em tribunal de Watford (Inglaterra) decidiu que a demissão e a conversa que a direção da creche Gan Menachem teve com Zelda foram "humilhantes, degradantes e ofensivas". Para a corte, a professora de 24 anos foi vítima de discriminações sexual e religiosa.

Zelda, que é judia, foi criada em ambiente ortodoxo até os 16 anos, quando se mudou para Israel. Ao regressar, ela abandonou a ortodoxia, sem abrir mão da fé judaica.




A escola insiste que Zelda sabia das exigências do seu código de conduta e que uma solteira comete "pecado" ao morar com o namorado.

Uma audiência entre as partes vai determinar a forma de compensação a Zelda, que está casada com Oz Waknin, o "pivô" da demissão

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...