quinta-feira, 28 de maio de 2020

Juiz que perguntou se vítima de estupro 'fechou as pernas' perde a licença



John F. Russo Jr.


Um juiz de Nova Jersey (EUA) perdeu a licença no estado após uma série de denúncias de má conduta em julgamentos. Em um dos casos, em 2018, John F. Russo Jr., de 57 anos, perguntou a uma vítima de estupro se ela tinha tentado evitar a violência sexual e "fechado as pernas" e "bloqueado acesso às suas partes íntimas".

"Bloqueou suas partes íntimas? Fechou as pernas? Chamou a polícia? Fez alguma dessas coisas?", perguntou o juiz à vítima de violência sexual cometida pelo ex-marido, que, segundo ela, ameaça incendiar a casa em que morava com a filha de 5 anos.

A decisão unânime da Suprema Corte estadual foi anunciada na terça-feira (26/5) pelo chefe da Justiça em Nova Jersey, Stuart Rabner. O juiz, que era lotado no condado de Ocean desde 2015, não poderá presidir qualquer julgamento no estado, contou o "USA Today".

"Sua conduta violou a confiança do público", disse Rabner em seu pronunciamento. "Seu padrão de má conduta e comportamento antiético não só prejudicou a integridade de diferentes processos judiciais, como também prejudicou a sua integridade e a do Judiciário. Seu comportamento geral reflete uma falta de probidade e aptidão para servir como juiz", acrescentou.

Fonte:https://extra.globo.com/noticias/page-not-found/

Manuel do mundo


Precisava colocar essa imagem no grupo da igreja?


Lá vem ele

Garota sincera


Americanos oficializam trisal durante a pandemia e passam a quarentena juntos



Um casal casou-se com a namorada de dois anos em confinamento - no seu 17º aniversário de casamento.

O marido em casa Jon Kaufman, 45 anos, e a esposa de parteira Melanie Kaufman, 41, se casaram com a namorada em comum Judy Bame, 36, em 24 de maio no quintal.
O "trio", que viveu juntos fora de Denver, Colorado, por um ano e meio, se conheceu há 11 anos enquanto jogava derby e percebeu que eles tinham química instantânea.

Mas, na época, a gerente de marketing Judy estava com outro homem.

Então, foi só em 2018 que eles puderam se reunir e eles confessaram seus verdadeiros sentimentos.

Agora o relacionamento deles é forte - e o sexo é incrível. Eles compartilham uma cama, com Jon dormindo no meio.

"O sexo está muito acima da média", disse Melanie. “Há mais para tocar, mais para olhar e mais sensações para experimentar. Além disso, Jon tem que ser uma máquina e tanto para satisfazer duas mulheres todas as vezes.

“Também somos muito abertos com nossos corpos e nossos interesses, o que leva a uma vida sexual muito gratificante.

“Nós fazemos todos os esforços razoáveis ​​para incluir todos os três de cada vez, mas se isso não for possível, não haverá ciúmes enquanto estiver dentro do nosso relacionamento.

"Alguns grupos têm relacionamentos abertos, mas somos uma tríade fechada e nos vemos como um casal comum, apenas com mais pessoas".

Eu e minha namorada.


Micro bikini



quarta-feira, 27 de maio de 2020

Os melhores Sex Toys masculinos









Muito se fala sobre dildos e vibradores femininos, diversão para a mulherada nas noites frias de solidão. Porém, onde é que o homem entra nessa história?

Foi pensando exatamente nisso que resolvemos listar os sexy toys equivalentes para o lado masculino da força. Alguns deles, inclusive, que podem proporcionar momentos de prazer para ambos os sexos!


Vamos conferir?


Masturbador

Os martubadores vem ganhando cada vez mais adeptos, graças ao nível de realismo alcançado pelos produtos mais recentes, além é claro da enorme variedade de opções, entre elas: detalhes de anatomia, formatos e materiais.

Para ilustrar, separamos 3 deles que fazem bastante sucesso no mercado:



Tenga Egg







Os ovos masturbadores já não são exclusividade dos países asiáticos, inclusive o brinquedinho vem ganhando cada vez mais adeptos em terras tupiniquins.

Seu interior é de silicone, totalmente texturizado, e cada edição possui o seu próprio diferencial com relação à superfície ou material de fabricação.

Preço: a partir de R$ 8.



Kiiroo Onyx + Pearl Couple






Aqui a brincadeira funciona em dupla, pois o brinquedo possui duas partes: vibrador e masturbador, sendo que ambos se conectam via wi-fi ou bluetooth, permitindo que a pessoa em posse de um dos itens sinta cada toque de quem estiver com a outra metade.


Preço: $298.00, não encontramos modelos disponíveis em R$.
Satisfyer Men Heat Vibration






Possuindo três níveis de temperatura interna, chegando até 40º, e setenta modos de vibração, esse masturbador encabeça as listas quando o assunto é variedade de funções.

Preço: entre R$ 400 e R$ 600.



Boneca inflável e boneca realística







Da simplicidade encontrada nos modelos infláveis, até os mínimos detalhes das versões realistas, a boneca erótica é sem dúvidas um dos brinquedos sexuais mais conhecidos.

Entre os dois formatos citados acima, encontramos variações como dois ou três locais penetráveis. Dependendo do valor investido, ainda há a possibilidade de encontrar vibradores em cada orifício.

Vamos conhecer um pouco mais sobre cada opção:
Bonecas infláveis


Feitas de plástico e com uma aparência nada interessante, hoje em dia já são totalmente obsoletas, se tornando opção apenas para quem realmente está com a grana bem curta e deseja um brinquedo sexual.


Geralmente, as bonecas infláveis são compradas mais como uma forma de “zueira” entre amigos, pois se tornam ótimas mascotes para fraternidades e repúblicas.

Preço: cerca de R$ 100.

Bonecas sexuais realistas


Chegamos ao topo quando o assunto é brinquedo sexual masculino. O material depende do valor investido, podendo ser cyberskin ou silício da mais alta qualidade, porém ambos proporcionam uma sensação de maciez e temperatura bem mais próximas à pele humana.


Preço: a partir de R$ 4.000, com modelos acima dos R$ 11.000.

Anel peniano

Criados com o intuito de retardar a ejaculação e segurar a ereção por mais tempo, os modelos atuais de anéis penianos já costumam incluir funções vibratórias e texturas diversas, para amplificar ainda mais o prazer do usuário.


Preço: a partir de R$ 8, com modelos acima dos R$ 250.



Conclusão


Como vimos, não faltam saídas para amplificar sua diversão. Afinal de contas, não é sempre que podemos sair com acompanhantes em Porto Alegre ou correr para um estabelecimento adulto em São Paulo, não é mesmo?


Aqui é só dar um pulinho na Amazon, já que grande parte dos produtos citados podem ser encontrados por lá!



Youtuber nem é gente