sábado, 6 de julho de 2019

Modelo que fugiu do Irã após posar seminua vira sem-teto em Paris





 Uma modelo iraniana que enfrenta a prisão em seu país de origem por posar para fotos semi-nuas se viu sem teto nas ruas de Paris.

Negzzia, de 29 anos, está fugindo da Guarda Revolucionária desde 2017, depois que eles condenaram fotos dela posando de lingerie como "indecentes" e "indecentes".
A modelo temia ser atacada por quebrar a rígida lei islâmica do Irã depois que uma fotógrafa que ela posou entregou fotos dela parcialmente nuas à polícia.

Em vez de enfrentar a prisão no Irã, ela foi forçada a ir para a Turquia.

Daqui ela viajou para Paris, onde pediu asilo em novembro.

Mas Negzzia encontrou-se lutando para viver e que pouco dinheiro ela logo esgotou.

Depois de não conseguir trabalho, ela ficou sem casa, dormindo nas ruas e bancos de estacionamento.


 

 

Ela disse ao Le Parisien: "Um dia, eu vendi minha bolsa com meus vestidos por 10 euros, para poder comer."

Mas apesar de sua provação, Negzzia não se arrepende de nada.

Ela disse: "Eu sou orgulhosamente uma mulher que saiu da minha zona de conforto e quebrou todas as regras que não têm qualquer respeito pelas mulheres."
Assim que chegou à França, Negzzia começou a preencher os documentos necessários para pedir asilo, mas seu caso nem sequer foi considerado.

Depois que sua história veio à tona na mídia francesa, ela já foi capaz de ficar em um centro de alojamento temporário para requerentes de asilo.

O governo francês está agora revisando seu caso.

O ministro do Interior da França, Christophe Castaner, disse que o departamento está em contato com ela e prometeu rever seu caso.



http://1.bp.blogspot.com/-8z8SohrxfD8/XSCRDrsA5TI/AAAAAAAAVuo/gDsOZpU4r58SfoD_dryAHzKLuV9RJaX8ACK4BGAYYCw/s1600/NINTCHDBPICT000502960987.jpg.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário