quarta-feira, 28 de outubro de 2020

As maiores mentiras da internet

 Vivemos na era da informação, mas existem algumas curiosidades desconhecidas sobre a internet, grande maioria de quando tudo por aqui “ainda era mato”. Por isso, vamos trazer nesse artigo algumas das maiores mentiras da história deste meio de comunicação incrível.


A internet já foi conhecida uma época como uma terra sem lei, onde muita gente cometia crimes e nunca eram encontrados ou até trabalhavam para oferecer desinformação de maneira desenfreada só por brincadeira e, por mais que isso aconteça hoje em dia, a internet está evoluindo e as própria sociedade, governos e autoridades estão trabalhando para afastar os riscos que conteúdos falsos possam trazer para a vida real.


O falso turista no 11 de setembro

As Fake News começaram há muitos anos e esta é uma forte, que ficou sendo difundida por muitos anos. Para se ter uma ideia, após o atentado contra as Torre Gêmeas nos Estados Unidos, surgiu uma foto de um turista no alto de um prédio.


Foto:



Atrás dele vinha o suposto avião, o que levou todos a acreditarem que a foto foi tirada no momento do atentado.


Bom, anos depois ficou provado que não era verdade. O modelo do avião era diferente: na foto era um 757, enquanto o avião do atentado na realidade era um Boeing 767.


A pasta System32

No início da era dos memes, surgiram muitos “trolls” que curtiam zoar pessoas desavisadas com falsos tutoriais na internet, sobretudo no youtube.


Para se ter uma ideia, existiam vídeos que ensinavam a aumentar a velocidade da internet, mas na verdade oferecia um passo a passo de como deletar a pasta System32, importante para o funcionamento do sistema operacional Windows.


Mensagens subliminares

Por volta dos anos 2010, surgiram na internet inúmeras teorias da conspiração onde as mensagens subliminares eram muito difundidas.


Em alguns casos, existiam até indícios de que havia alguma mensagem oculta, mas na maioria das vezes, os vídeos traziam sustos embutidos, a fim de assustar o espectador desavisado.


As agulhas contaminadas


Por volta dos anos 90, existia a lenda urbana das agulhas contaminadas, onde em emails, era compartilhado que certa pessoa havia ido ao cinema e, ao se sentar, foi espetado por uma agulha com HIV.


Foto: 




A lenda ganhou várias formas com o passar dos anos, mas a possibilidade de contaminação é descartada, uma vez que só existiria infecção se houvesse na tal agulha sangue contaminado.


Mesmo assim, a passagem da agulha pela roupa teria eliminado a chance de contaminação.


A morte de Silvio Santos

No ano de 2008, Silvio Santos mentiu para a revista Contigo! em uma entrevista pouco ortodoxa: o apresentador deu uma verdadeira trollada nos leitores afirmando que estava muito doente e que precisava vender o SBT para se curar.


Ele desmentiu toda a farsa durante o programa de Gugu Liberato, alguns meses depois. Para se ter uma ideia, o dono do SBT deu certeza, na revista, que venderia a emissora à Televisa e ao diretor Boni, um dos ex-manda-chuvas da TV Globo.


Hoje, Silvio segue bem de saúde e trabalhando em sua emissora. O apresentador está prestes a completar 90 anos.


Google Nose, o app de cheiros do Google

Essa foi uma trollada do próprio Google para cima dos seus internautas: a gigante do ramo de buscas lançou um site falso, em primeiro de abril, anunciando uma estreia pouco esperada: um aplicativo para sentir cheiros.



O caso se tornou um viral no ano de 2013 e chamou a atenção porque o Google levou a brincadeira tão a sério que fez um vídeo explicativo, como se fosse realmente um novo produto.


Mas não é que era tudo uma farsa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário