quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Modelo é presa após filmar conteúdo sexual em aeroporto para o OnlyFans





Uma modelo conhecida por produzir conteúdo adulto para a plataforma OnlyFans foi presa após ser identificada como a autora de um vídeo sexual filmado em um aeroporto na Indonésia. Conhecida como Siskaeee na plataforma, ela pode ser condenada a até 18 anos de prisão. A polícia local confirmou nesta segunda-feira (6) que ela foi presa por suspeita de ser a atriz que aparece nas filmagens.

O vídeo explícito mostra a jovem levantando a blusa e expondo os seios para a câmera antes de levantar a saia e começar a se masturbar. Na filmagem de autoria desconhecida, é possível ver diversos passageiros passando ao redor de Siskaeee enquanto ela continua gravando o conteúdo.


As filmagens viralizaram na web em novembro e foram reportadas para a polícia local, que começou a investigação no mesmo mês e chegou a Siskaeee em uma estação de trem. Ela foi presa em Bandung, cidade de Java, na Indonésia, no dia 4 de dezembro e está sendo mantida em custódia.

"A suspeita foi presa em uma estação de trem e foi detida. Ela foi levada imediatamente para a [delegacia de] Yogyakarta para ser legalmente processada por suas ações, que são consideradas violações da lei da pornografia e a Lei ITE", disse o porta-voz da polícia local, citando lei de segurança digital do país.

Muharomah Fajarini, delegado local, disse ao The Sun que a equipe do aeroporto acredita que o vídeo tenha sido gravado em outubro devido a uma placa que aparece na gravação e foi instalada recentemente no local. Segundo o delegado, o vídeo foi gravado no segundo andar do estacionamento do aeroporto.

"É inapropriado, já que mostra os seios e as genitais da mulher em um local público. Aeroportos precisam ter segurança alta e esse tipo de comportamento vulgar não é permitido", destacou. Caso seja julgada culpada, a influenciadora enfrenta pena máxima de 12 anos de prisão pela Lei da Pornografia e mais seis anos por infringir a Lei de Informações e Transações Eletrônicas. Não há data para o resultado da sentença.







Nenhum comentário:

Postar um comentário